Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Vestibular UFTM

 

Neste domingo (21/06) foi a primeira etapa do Vestibular de Inverno da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Segundo a Comissão Organizadora, a aplicação da prova transcorreu dentro do previsto. O exame teve duração de 4h30, e os vestibulandos responderam a 86 questões objetivas de conhecimentos gerais – Biologia, Física, Química, Matemática, Geografia, História, Língua Portuguesa e Literatura Geral. A lista dos convocados para a 2ª fase será divulgada a partir de 30 de junho.

Veja o Gabarito .

O índice de abstenção foi de 4,8%, ou seja: faltaram 294 candidatos, dos 6.093 inscritos. A prova de Conhecimentos Gerais foi aplicada em Uberaba para 3.715 candidatos, em São Paulo para 1.604, e em Belo Horizonte compareceram 480, respectivamente, uma abstenção de, 4,5%, 4,8% e 6,4%.

Nesta fase, a pontuação do Enem é utilizada para compor a nota, o que representa 20%.

A prova da segunda fase, Conhecimentos Específicos, será aplicada no dia 11 de julho, somente em Uberaba, e terá duração de cinco horas. Nesta etapa os candidatos respondem a 20 questões dissertativas de Conhecimentos Específicos, valendo 80 pontos, e fazem Redação.


Veja a Agenda do vestibular de Inverno da UFTM .

 Concorrência – Dos 17 cursos oferecidos no Vestibular de Inverno 2009 da UFTM, a maior concorrência é para Medicina. São 4.483 inscritos, um índice de 112 candidatos por vaga. Na sequência, a procura é para o curso de Biomedicina, com 10 candidatos por vaga, seguido pelo de Psicologia, 8,36 por vaga.

Entre as licenciaturas, o curso mais concorrido é o de Ciências Biológicas, 3,73 candidato por vaga. A menor concorrência registrada foi para Química, 1,2 por vaga.

Veja a relação completa.

A predominância entre os vestibulandos continua sendo feminina. Apenas nos cursos de Educação Física, Física e Química, os homens são em maior número. As mulheres representam 62% dos inscritos, 3.821 mulheres e 2.269 homens.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário