Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Unileste violência nas escolas

Abrindo o primeiro semestre letivo de 2011, o Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste-MG) promove, nesta sexta-feira (28/1), um encontro acadêmico com a temática Desafios Emergentes para a Ação Educativa – Violência nas Instituições de Ensino. O evento será realizado às 19h, no Teatro João Paulo II, no campus universitário de Coronel Fabriciano.

De acordo com Tânia da Costa Rangel Alves, diretora de planejamento e desenvolvimento do Unileste, o encontro faz parte do Plano de Capacitação Docente (PCD) desenvolvido pela Instituição. “Na oportunidade, reuniremos professores ligados aos cursos de graduação do Centro Universitário e aos colégios Padre De Man, CEC-MG e Escola Técnica de Formação Gerencial, todos mantidos pela União Brasilense de Educação e Cultura (Ubec)”, explica.

Violência nas escolas

Como destaque do encontro, o tema Violência nas Instituições de Ensino será abordado pela pesquisadora Sandra de Fátima Pereira Tosta, doutora em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo. A palestrante é professora titular da PUC Minas e tem em seu currículo a coordenação de importantes pesquisas científicas, como o projeto intitulado “Vida de Professor e Violência na Escola Particular em Minas Gerais”.

Desenvolvido entre os anos de 2007 e 2009, tal estudo procurou compreender as percepções de professores da rede particular mineira, nas várias modalidades de ensino, sobre a violência instalada no cotidiano escolar e evidenciada pelos indicadores sociais. “A pesquisa é inédita no Estado e investiga a identidade docente, ou de que modos ela é reconstruída frente à violência para a qual, supostamente, o professor não foi preparado para enfrentar”, ressalta Sandra.

Atualmente, a pesquisadora coordena o projeto de pesquisa “Etnografia para a América Latina: um outro olhar sobre a Escola no Brasil e na Argentina”. O estudo tem como objetivo analisar o enfoque da etnografia educacional sistematizada pelo Departamento de Investigaciones Educativas, do Centro de Investigación y de Estudios Avanzados del Instituto Politécnico Nacional (DIE-CINVESTAV-IPN/México), e sua repercussão nas pesquisas brasileiras e argentinas no campo da Educação.

Fonte: Unileste Online

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário