Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

UFSJ adere às cotas

 

Em reunião na segunda-feira (22/06), o Conselho Universitário (Consu) da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) decidiu que a partir do próximo processo seletivo reservará metade das vagas oferecidas, em todos os cursos, para estudantes que tenham cursado integralmente os ensinos fundamental e médio em escolas públicas.

A parcela de vagas será preenchida por autodeclarados brancos, negros (pretos ou pardos) e indígenas, na proporção dessas raças no conjunto da população total de Minas Gerais. A proporcionalidade seguirá os dados do último Censo Demográfico do IBGE.

Relatório
A decisão do Consu se baseia no relatório da Comissão de Políticas de Ações Afirmativas (CPAA), que teve representantes de professores, estudantes, técnicos e da comunidade externa e promoveu debates públicos nos campi de São João del-Rei, Divinópolis e Alto Paraopeba.

Com a aprovação da reserva de vagas, está prevista a criação de uma comissão permanente, que fará a avaliação sistemática da implantação do sistema na UFSJ. “Assim que percebermos que a Universidade já fez a sua parte, isto é, contribuiu para diminuir o abismo que separa alguns setores da comunidade do acesso ao ensino superior, a reserva de vagas poderá ser revogada”, prevê o reitor, professor Helvécio Luiz Reis.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário