Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

UFMG – Experiência

O Departamento de Psicologia da Fafich oferece o curso Introdução à Experiência Elementar: implicações para a Psicologia, destinado sobretudo a pessoas não vinculadas à área na UFMG e interessadas em formação inicial em Experiência Elementar. As aulas vão acontecer de 21 a 26 de fevereiro, e as inscrições podem ser feitas até o dia 18.

O curso será ministrado por Miguel Mahfoud, com a participação, como palestrantes, dos professores Yuri Elias Gaspar e Lícia Caetano Maia. Serão abordados tópicos como o conceito de experiência elementar, as premissas do conhecimento (realismo, razoabilidade e moralidade) e educação para a liberdade. A aprovação neste curso é pré-requisito para a inscrição em cursos avançados em Experiência Elementar

As atividades somam 20 horas, e as aulas acontecerão de segunda a sexta-feira, das 19h às 21h30, e no sábado, das 8h às 12h.
Os interessados devem estar cursando ou ter concluído um curso de graduação em ciências humanas ou em saúde. Existem vagas reservadas para carentes (Fump) ou servidores. Para se habilitar à participação gratuita o candidato deve encaminhar requerimento à coordenação do curso como carente pela Fump ou selecionado pela Pró-reitoria de Recursos humanos, caso seja servidor.

As inscrições devem ser feitas pelo site da Fundep. O valor da inscrição é de R$ 205, à vista. Para outras informações acesse o site do grupo.

Experiência elementar
De acordo com o site do grupo de Experiência Elementar em Psicologia da UFMG, o termo, cunhado por Luigi Giussani, designa o ímpeto contido em todo gesto ou posicionamento humano, pelo qual a pessoa pode reconhecer suas exigências fundamentais, como a felicidade e a justiça, e evidências fundamentais, como a própria existência. De acordo com Roberta Vasconcelos, membro do grupo, o objetivo do curso é explicitar essa esfera que existe em cada pessoa, e que motiva na busca infindável de sentido.

Fonte: UFMG Online

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário