Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

UFLA – Novos Mestrados

Educação e Administração Pública. Esses são os novos mestrados profissionais que a Ufla passa a oferecer a partir deste ano. O resultado foi divulgado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC). O número de vagas e o processo seletivo serão definidos em breve pelas coordenações dos cursos.

Os mestrados profissionais foram criados especialmente para os que desejam dominar metodologias de pesquisa e aprofundar conhecimentos específicos de sua área de atuação, mas com foco no mercado de trabalho. Os cursos vão capacitar profissionais qualificados para o exercício da prática profissional avançada e transformadora de procedimentos, transferir conhecimento para a sociedade, atendendo demandas específicas e de arranjos produtivos para o desenvolvimento nacional, regional ou local, além de contribuir para agregar competitividade e aumentar a produtividade em empresas, organizações públicas e privadas.

De acordo com a coordenadora do curso de mestrado em Educação, prof. Cláudia Ribeiro, há um consenso expresso nos documentos oficiais das políticas públicas da Educação relativo à necessidade de formação contínua dos profissionais da Educação Básica e da melhoria da qualidade dos processos educativos. “A Ufla, especialmente os Departamentos de Educação e de Ciências Humanas, compartilha dessa ideia ao vislumbrar na criação do Mestrado Profissional essa possibilidade de formação de docentes a partir da pesquisa, – muitas vezes negligenciada no processo de formação da graduação”.

Já para o coordenador do curso de Administração Pública, José Roberto Pereira, o mestrado profissional tem as mesmas exigências de qualidade de qualquer outro curso de pós-graduação da Ufla. “O que diferencia esse curso de outros mestrados é a sua ênfase na formação profissional do estudante e o desenvolvimento de uma pesquisa aplicada ou de um trabalho final de curso que possa ser utilizado pelas organizações públicas para melhorar seu desempenho profissional”.

Sobre os novos cursos

Mestrado Profissional em Administração Pública: Destina-se aos portadores de diploma de curso superior que, preferencialmente, exercem ou pretendem exercer atividades gerenciais em instituições públicas ou em instituições sociais de caráter público não estatal. O curso tem a duração máxima de dois anos e está voltado para a formação de gestores para atuarem nas três dimensões da administração pública, quais sejam: sociopolítica, institucional-administrativa e econômico-financeira. O curso tem duas linhas de pesquisa: Gestão de Organizações Públicas do Estado e Gestão de Organizações Públicas Não Estatais.

Mestrado Profissional em Educação: O currículo proposto é orientado para a linha de pesquisa “Linguagens, Diversidade Cultural e Inovações Pedagógicas”, que abrange estudos sobre a multiplicidade de saberes, de espaços e de diferentes formas de produção do conhecimento, bem como suas relações com as inovações pedagógicas no processo de formação de professores. Expressa o entendimento de que é urgente reconhecer a complexidade da atividade de ensinar, sua condição desprivilegiada quando comparada à prática de pesquisa, a outras profissões liberais e, acima de tudo, compreender seus limites e possibilidades no interior dos movimentos ocorridos na esfera da cultura no final do século XX e início do século XXI, fortemente marcados pela mediação técnica e tecnológica.

Fonte: UFLA

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário