Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

UFJF Prorroga as Inscrições

A UFJF prorrogou até 19 de novembro o período de inscrições do Vestibular 2011 e do Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism). Segundo o pró-reitor de Graduação, Eduardo Magrone, a indefinição sobre a validade das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) contribuiu “indiretamente” para a decisão. “Devido a esse momento de tensão, avaliamos que seria bom conceder mais um prazo para os candidatos se inscreverem.” O encerramento, previsto para ontem, foi agendado para 15h de sexta-feira da semana que vem. Para Magrone, anular a prova do Enem em virtude do erro de impressão identificado em cerca de 21 mil cadernos de prova amarelo “não tem sentido” e diz que a federal não irá estipular data limite para desistir de utilizar o Enem. “Falar em data agora é uma forma de tumultuar mais o ambiente.”

A mudança do prazo de inscrição fez com que estudantes repensassem o ingresso na instituição. É o caso de Thalisson Felipe Ferreira Neves, 17 anos. Apesar de ter feito o Enem pensando no Vestibular da UFJF, ele ainda não pagou a taxa de inscrição. “Esperava que fosse sair o gabarito na terça, mas como deu essa confusão e não sei como vai ficar a primeira fase, estou pensando em desistir.” Loriane Vasconcelos Duarte, 28 anos, tenta, pela quarta vez, uma vaga no curso de psicologia da UFJF, única instituição para a qual se inscreveu. Ela conta que, se pudesse imaginar que o Enem seria tão confuso, tentaria vaga em uma universidade que não utiliza apenas o exame na primeira fase. “Parece ser só uma prova, mas é um ano de estudo que pode ser jogado fora”. No meio de tantas incertezas, ela se esforça para não ficar desestabilizada para a segunda etapa. “Às vezes fico com a sensação de ter estudado em vão.”

Aos 18 anos, a estudante Paula Esteves torce para que a nota do Enem seja mantida. Ela conta que esta é a segunda vez que tenta uma vaga na UFJF utilizando o exame e que a suspensão da prova acabou prejudicando a escolha da faculdade. “Estava em dúvida entre dois cursos. A ideia era consultar a nota do Enem para ver se teria condições de conseguir vaga em direito, que é mais concorrido que arquitetura, minha outra opção. Na dúvida, como as inscrições terminariam ontem, acabei optando pelo segundo.”

Fonte: UFJF Online

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário