Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

UFJF adia reinício

 

Diante da gravidade da propagação da Influenza A (H1N1) e do alerta da Organização Mundial de Saúde (OMS) de que a pandemia pode atingir dois bilhões de pessoas em todo o mundo, a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) decidiu adiar, por tempo indeterminado, o retorno das aulas do segundo semestre letivo e, também, a realização do concurso público para Técnico-Administrativos em Educação (TAE’s) e para o Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais-Campus Juiz de Fora (IFET). Somente a parte administrativa da instituição continuará funcionando, pois a quantidade de pessoas é bem menor e já existe um grau de conhecimento maior entre eles sobre o problema. A orientação é  para que fiquem em casa se tiverem sinais de gripe.

Em coletiva realizada nesta quinta-feira (6/08), o Reitor Henrique Duque informou que foi criado o Comitê de Monitoramento e Orientação de Conduta da UFJF. O Comitê conta com a participação de diretores de unidades e instituições e, também, de membros da Comissão Permanente de Referência a Influenza A (H1N1) do Hospital Universitário (HU), composta pelos profissionais: presidente, o médico infectologista Ronald Kleinsorge Roland ; secretário, o médico infectologista Rodrigo Daniel de Souza; o médico epidemiologista Evandro Tomasco Abreu; o enfermeiro Everaldo César Motta; a enfermeira Maria Aparecida Pereira dos Reis; e o chefe do Serviço de Hotelaria do HU, Ricardo de Paulo Cimino, todos presentes na coletiva.

Ficaram suspensas as aulas da Graduação, da Pós-Graduação, do Colégio de Aplicação João XXIII e do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais-Campus Juiz de Fora (IFET), antigo CTU. O Comitê realizará uma reunião, semanalmente, do Comitê para avaliar e monitorar a situação, quando novos comunicados serão repassados à comunidade acadêmica e à sociedade em geral. 

O Reitor fez um apelo aos estudantes que estão em Juiz de Fora para que não viajem: “Pois o fluxo faz aumentar a possibilidade de transmissão do vírus”. Falou, ainda, sobre a parte administrativa que continuará funcionando, “Vamos preparar a Universidade para evitar a contaminação.”

O presidente do Comitê, Ronald Kleinsorge Roland, afirmou que a decisão do adiamento por tempo indeterminado foi difícil pois implica no comprometimento da vida de muitas pessoas. “Mas precisamos de tempo adequado para colocar a Universidade capacitada e para melhor orientar as pessoas. O HU vai participar e dar todo o suporte necessário. A suspensão das atividades é uma medida cautelar e, por isso, não se estabeleceu uma data de retorno. O objetivo é minimizar a exposição ao vírus dentro do ambiente universitário. E, ainda, criar condições educativas e de atendimento às pessoas.”

O médico infectologista Rodrigo Daniel de Souza salientou que o adiamento das atividades acadêmicas se faz necessário, também, para que a UFJF adquira materiais necessários que ajudem a evitar a proliferação da doença.  A Universidade tem cerca de 11.500 alunos na graduação e 58% são de outras cidades e estados e há ainda um mil alunos na pós-graduação.

Ronald Roland reafirmou a necessidade de que os estudantes permaneçam em suas cidades, pois o fluxo é um componente de facilitação de contaminação. “Quem tiver suspeita, mesmo que leve, deve buscar atendimento. Equipes qualificadas irão treinar os funcionários para atendimento à comunidade. O maio desafio é a padronização de contatos dentro do ambiente universitário.”

Quanto à reposição de aulas, o Reitor Henrique Duque informou que o Conselho de Graduação (CONGRAD) vai analisar a situação para que as aulas sejam repostas posteriormente.

Apesar de o HU não ser referência no atendimento aos casos suspeitos – a população deve buscar atendimento no Hospital João Penido, no bairro Grama -, Roland informou que existem contatos com a Prefeitura e com o Estado para a unificação das ações. “O HU é referência para atendimento dos nossos funcionários e alunos”.

 

Leia mais sobre o adiamento do retorno às aulas em todo o estado.

 

E acompanhe o Blog do governo do estado específico sobre a gripe suína.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário