Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

TeleMinas Saúde

O Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), iniciou neste semestre o programa TeleMinas Saúde (antigo Minas Telecárdio), com prioridade à utilização da informática para o monitoramento e prevenção de doenças. O Polo-Unimontes é responsável pelas atividades em 82 municípios do Norte de Minas em várias especialidades.

Nos três primeiros anos da iniciativa, o atendimento se restringia apenas à cardiologia. O programa foi implantado em 2005 pelo governo estadual. Nesse período, foram beneficiados 179 municípios. Por meio de videoconferência, uma equipe do próprio Hospital da Unimontes trabalha junto aos médicos das redes municipais de saúde no diagnóstico de pacientes. A meta, a partir de agora, é de atender 507 cidades mineiras em outras áreas da saúde.

Segundo o professor André Pires Antunes, coordenador do Pólo/Unimontes do TeleMinas Saúde, “graças a esse projeto, os pequenos municípios vêm obtendo uma redução de até 70% no número de encaminhamento de pacientes para a realização de exames cardiológicos nas cidades de maior porte”.

Ele lembra que o diferencial do programa está em seu funcionamento conjunto com os especialistas das universidades públicas. Além da Unimontes, participam da iniciativa as Universidades Federais de Minas Gerais (UFMG), do Triângulo Mineiro (UFTM), de Uberlândia (UFU) e Juiz de Fora (UFJF).

Funcionamento

O serviço consiste na realização de teleconsultorias. No hospital da Unimontes, são em mais de 20 especialidades médicas e em enfermagem, nutrição e odontologia, além da telecardiologia. Trata-se de um encontro entre dois profissionais de saúde: o primeiro sediado no município remoto, responsável pelo atendimento presencial ao usuário na Unidade Básica de Saúde; o outro é o especialista da universidade de referência, responsável pela segunda opinião e orientações.

O programa mantém um plantão de clínica médica. Pouco mais de 85% das solicitações são respondidas em até 48 horas pelo plantonista, sendo as demais enviadas para um especialista. Os casos de urgência já contam com apoio de laudo segundo a opinião em tempo real.

O TeleMinas Saúde oferece, também, o programa TeleEducação, que consiste em teleconferências voltadas para os profissionais médicos dos municípios atendidos.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário