Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Segundo dia de provas Pism

Demonstrar seus conhecimentos em Língua Portuguesa, Matemática, Química e Geografia. Foi o que fizeram nesta segunda-feira, 13, os 11.863 candidatos do Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism) no segundo dia de provas dos módulos I e II. Das 14h às 18h eles responderam a oito questões discursivas valendo até cinco pontos cada.

Já cientes dos problemas de trânsito, os candidatos se anteciparam um pouco mais que ontem, evitando o corre-corre de última hora. A Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) da Prefeitura de Juiz de Fora disponibilizou mais 12 agentes de trânsito para orientar os motoristas. Os agentes foram posicionados em regiões próximas ao campus (pórticos Norte e Sul), ao Instituto Federal de Ensino Ciência e Tecnologia – Campus Juiz de Fora (Ifet) e ao Colégio de Aplicação João XXIII. Apesar desta medida e também do aumento do número de ônibus urbano em circulação ocorreram alguns pontos de congestionamento.

Mesmo com a chuva durante a tarde, ao contrário de domingo, não houve nesta segunda-feira registro de interrupção de energia nos locais de aplicação da prova. “Hoje foi um dia mais tranqüilo. Com os estudantes já conhecendo os locais de prova, todo processo fica mais fácil”, diz o diretor da Comissão Permanente de Seleção (Copese), José Maria Pereira Guerra. A expectativa é de que nesta terça-feira tudo corra dentro da normalidade.

Faltaram ao segundo dia do Pism 1.671 inscritos do módulo I (18,3%) e 372 (7,7%) do módulo II. O celular de um candidato que fazia prova no Instituto Vianna Junior tocou durante o exame e o caso será analisado pelo setor jurídico. Foram registrados dez atendimentos médicos sem gravidade, como náuseas, tonturas e queda de pressão.

Para o estudante Daniel Delgado Coelho, 16 anos, de Juiz de Fora, a prova desta segunda-feira foi tranquila. “Apenas as questões de Química achei mais complicadas”. Apesar de ainda ter dúvidas sobre que carreira seguir, diz que deve optar pela área de Exatas. Também de Juiz de Fora, Pedro Henrique Escorel, 15 anos, considerou o nível bom, com exceção de Matemática, “pois tenho mais dificuldades nessa matéria”. O estudante pretende cursar Química. Já Laís Montezano, 15 anos, de Muriaé, que pretende cursar Medicina, considerou que o que foi pedido estava dentro do previsto nos seus planos de estudo.

Para que o último dia de provas nesta terça-feira ocorra sem incidentes, José Maria Pereira Guerra volta a alertar para que os pais e candidatos se desloquem com bastante antecedência para os locais dos exames, sempre observando a direção defensiva e respeitando o fluxo no campus. Os estudantes testarão seus conhecimentos nas seguintes disciplinas restantes: Literatura, Física, Biologia e História.

Os cadernos de prova são liberados no site www.vestibular.ufjf.br a partir das 19h, uma hora após o término da prova.

Recursos
A Central de Atendimento da UFJF recebeu, até às 17h30 de hoje, sete pedidos de recurso relativos às provas objetivas aplicadas no domingo, sendo dois do módulo I, quatro do módulo II e um sobre os atos do processo. O número ainda não é final, já que o prazo para a solicitação vai até às 21h.

Os interessados em protocolar recursos em relação às provas discursivas desta segunda deverão comparecer à Central de Atendimento, no prédio da Reitoria, terça-feira, dia 14, das 9h às 19h. O pedido pode ser feito pelo próprio candidato, seu representante ou escolas.

Outras informações: (32) 2102-3997/ 3978/ 3911 / [email protected]

Fonte: UFJF Online

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário