Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Propostas ao CNPq

O CNPq publicou vários editais e está acabando o prazo para submissão de propostas em várias áreas do conhecimento. No dia 9, o prazo termina para três editais: o de incentivos para a publicação de periódicos científicos, outro para apoiar pesquisas de mapeamento de doenças respiratórias na infância e o que apóia estudos sobre os efeitos de partos cesarianos desnecessários realizados no país; para quem pretende realizar estudos nas áreas de Direito, Economia, Educação e Geografia na Universidade de Salamanca, Espanha, tem até o dia 10 para enviar seu projeto; e, no dia 11, termina o prazo de inscrições para quem deseja realizar cursos de curta duração em arranjos produtivos locais e projetos para inclusão social de catadores de materiais recicláveis. Veja abaixo um resumo de cada edital e os links para os textos completos:

–  Publicação de periódicos científicos: Os objetivos são apoiar e estimular a editoração e publicação de periódicos científicos brasileiros que abranjam todas as áreas do conhecimento. As propostas aprovadas serão financiadas com recursos estimados em R$ 5 milhões, sendo 50% proveniente do CNPq e 50% da CAPES. As inscrições vão até 9 de novembro. Veja o Edital

Doenças respiratórias na infância: O Edital Nº 054/2009 pretende apoiar estudos transversais para determinar a prevalência das doenças respiratórias na infância. O CNPq/MCT vai disponibilizar R$ 2 milhões, provenientes do Fundo Setorial de Saúde. Serão destinados 30% dos recursos a instituições sediadas nas regiões Norte, Nordeste ou Centro-Oeste. O edital completo está disponível.

Cesarianas desnecessárias: O objetivo é selecionar propostas voltadas para a realização de inquérito epidemiológico sobre as consequências do parto cesáreo desnecessário no Brasil. Estão disponíveis R$ 3 milhões, sendo R$ 1,5 oriundos do FNDCT/Fundos Setoriais e R$ 1,5 do Fundo Nacional de Saúde/Decit/SCTIE/MS, a serem liberados de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira do CNPq. Veja o Edital

Universidade de Salamanca: Até o dia 10 estão abertas as inscrições para professor-visitante brasileiro junto ao Centro de Estudos Brasileiros (CEB) da Universidade de Salamanca (USAL), período letivo 2009/2010. O convênio entre o CNPq/MCT e a instituição espanhola pretende contribuir para a difusão do conhecimento e a elaboração de estudos sobre a sociedade brasileira. São até quatro vagas, uma para cada área apoiada: Direito, Economia, Educação e Geografia. A permanência é de dois meses, período de 15 de janeiro a 15 de março de 2010. O auxílio do CNPq é de R$ 14,3 mil por professor-visitante, valor não acumulativo com outras bolsas. A USAL complementa o montante com €$ 600 mensais para cada pesquisador. Consulte o Edital .

Arranjos Produtivos Locais: O CNPq/MCT e o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) Ação Transversal lançaram este edital para selecionar propostas que envolvam ações de capacitação, pesquisas tecnológicas e de inovação que desenvolvam Arranjos Produtivos Locais (APLs) nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e a ampliação das atividades de fomento iniciadas no Edital 39/2008. Os projetos aprovados serão custeados com recurso global estimado em R$ 3 milhões, oriundos do FNDCT/Fundos Setoriais/Ação Transversal. Serão dois temas: Capacitação, que engloba propostas de elaboração e aplicação de cursos de curta duração para a mão de obra envolvida em APLs. O segundo tema seleciona projetos que promovam a interação de instituições de pesquisas e pesquisadores com as empresas integrantes dos APLs. Veja o Edital .

Inclusão social de catadores de materiais recicláveis: Este edital destina-se à seleção pública de projetos de pesquisa, desenvolvimento e extensão tecnológica para promover a inclusão social de catadores de materiais recicláveis e de tecnologias sociais voltadas à agroecologia. A intenção é apoiar a execução de projetos de desenvolvimento e extensão tecnológica que promovam a inclusão social, por meio da melhoria das condições socioeconômicas da população brasileira. As propostas aprovadas serão financiadas com valor estimado em R$ 6 milhões, vindos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico ( FNDCT ), sendo que 30% dos recursos serão destinados a projetos coordenados por pesquisadores vinculados a instituições sediadas nas regiões Norte, Nordeste ou Centro-Oeste.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário