Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Programa de Educação

 

O governo de Minas iniciou nesta terça-feira (14/07) o Programa de Educação Profissional para a Educação de Jovens e Adultos (PEP EJA) integrada ao Ensino Médio. Os alunos do EJA Ensino Médio interessados na nova modalidade do PEP devem procurar os diretores de suas escolas para obterem informações sobre os procedimentos para a inscrição no programa.

Com a implantação, agora são oferecidos cerca de 100 mil vagas em 77 cursos de Educação Profissional. A modalidade atenderá a 24.120 alunos de 479 escolas estaduais de Educação de Jovens e Adultos (EJA) em 277 municípios. São três cursos técnicos integrados: Administração Empresarial, Gestão de Pequenas Empresas e Secretariado e Assessoria. O investimento é de R$ 12,7 milhões.

A metodologia selecionada pelos técnicos da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais é o Telecurso Tec da Fundação Roberto Marinho, desenvolvida pelo Centro de Educação Tecnológica Paula Souza. Os cursos terão duração de dois anos e meio, com carga horária de 20h/aula por semana. 

O Telecurso Tec tem 145 programas para cada um dos três cursos, que serão ministrados em sala de aula com utilização de CD, vídeo e ambiente virtual. Para utilizar a metodologia, a SEE enviou mais computadores para as escolas participantes do PEP EJA, além de equipamentos de TV e DVD.

A proposta do Telecurso Tec é que o aluno seja o protagonista do processo do conhecimento por meio da observação, reflexão e discussão dos conceitos trabalhados em sala, junto com seu orientador. Os orientadores receberão apoio pedagógico permanente e serão os próprios professores da rede estadual. Eles vão orientar as 603 turmas do PEP EJA no estado. O treinamento deles começa na primeira semana de agosto.

Educação Profissional
O PEP EJA é uma das ações do Programa de Educação Profissional (PEP) desenvolvido pelo governo estadual, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE), em todas as regiões do Estado.

O Programa vem atender à intensa procura por formação profissional técnica de nível médio gratuita. Iniciado em 2008, o PEP criou 79 mil vagas, até julho de 2009, nas modalidades credenciada (instituições do sistema S e particulares), conveniada (federais, municipais e filantrópicas) e na rede estadual de ensino de nível médio. Essas vagas foram destinadas a alunos do 2º e 3º anos do ensino médio da rede estadual e a estudantes com ensino médio completo.

A partir de agosto de 2009, o PEP atenderá também estudantes do Curso de Educação de Jovens e Adultos (EJA), na modalidade presencial. Atualmente, são 172 mil alunos matriculados na modalidade presencial e 97 mil alunos na modalidade semipresencial da EJA. Ela é oferecida em cerca de 1,7 mil escolas da rede pública estadual, que atendem aos anos finais do Ensino Fundamental (para jovens maiores de 15 anos, do 6º ao 9º ano) e o Ensino Médio (com idade mínima de 18 anos para ingressar). O EJA semipresencial é oferecido em 94 Centros Estaduais de Educação Continuada (Cesec) e 39 Postos Estaduais de Educação Continuada (Pecon).

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário