Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Professores brasileiros

A UNESCO no Brasil lançou nesta terça-feira (6/10), na 32ª Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped), em Caxambu (MG), um estudo inédito sobre a situação dos professores brasileiros. “Professores do Brasil: impasses e desafios” é a pesquisa mais abrangente sobre a condição docente já feita no país, envolvendo diferentes abordagens tais como as condições de trabalho, a formação inicial e continuada, a carreira e a remuneração.

O objetivo foi o de examinar aspectos ligados à formação e à profissão docente no ensino básico brasileiro, questões críticas no cenário das políticas contemporâneas, particularmente ligadas ao desafio da melhoria da qualidade da educação para todos.

Entre outras coisas a pesquisa aborda a docência no mundo do trabalho e suas características, bem como o perfil dos docentes em exercício; a legislação sobre formação de professores e suas decorrências; a formação inicial em cursos presenciais e a distância; o currículo nas licenciaturas e o perfil dos licenciandos; os modelos especiais de formação de professores; a formação continuada e seus problemas; carreira e salários e suas implicações.

O estudo foi lançado em uma mesa-redonda no encontro da Anped, que tem como tema central “Sociedade, cultura e Educação: novas regulações”. A Reunião contará com conferências, mesas-redondas, debates, minicursos, ciclo de cinema e apresentações de trabalhos e de pôsteres, divulgando a produção acadêmica, e possibilitando o intercâmbio de experiências e informações entre pesquisadores e pesquisadoras, docentes e estudantes da pós-graduação na área da educação.

Confira a pesquisa, na íntegra .

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário