Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Pesquisadores brasileiros recebem prêmio internacional

Os físicos brasileiros Marcos Assunção Pimenta (UFMG), Ado Jorio (UFMG) e Antonio Gomes Souza Filho (UFC) fazem parte da equipe que recebeu o prêmio Somiya Award 2009 , da International Union of Materials Research Societies (IUMRS). Os demais integrantes da equipe premiada são Mildred S Dresselhaus (MIT-USA), Mauricio Terrones (Mexico), Riichiro Saito (Japan) e Morinobu Endo (Japan). O prêmio “Somyia Award 2009” foi conferido à equipe pela contribuição que o trabalho colaborativo deu para o avanço do conhecimento em nanoestruturas de carbono.

O prêmio Somyia foi criado pela IUMRS para prestigiar o trabalho colaborativo de equipes pertencentes a mais de um continente, com o objetivo de reconhecer trabalhos de altíssima qualidade e bem reconhecidos pela comunidade internacional. A solenidade de premiação foi no evento “International Conference on Advanced Materials 2009”, no Rio de Janeiro, entre 20 a 25 de setembro de 2009.

Os pesquisadores brasileiros são bolsistas de produtividade do CNPq e a colaboração teve apoio do CNPq através dos acordos bilaterais CNPq-NSF e CNPq-CONACYT.

Os pesquisadores brasileiros

– Marcos Assunção Pimenta é Professor Titular do Departamento de Física da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Bolsista de produtividade do CNPq nível 1A, já publicou 148 trabalhos, até setembro de 2009, que foram citados 4.537 vezes e fator h=38. Atua principalmente com espalhamento Raman, nanotubos de carbono, materiais de carbono, nanografites, grafeno e transições de fase estruturais. Atualmente coordena a Rede Nacional de Pesquisa em Nanotubos de Carbono e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) Nanomateriais de Carbono.

Ado Jorio é Professor Adjunto do Departamento de Física da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Bolsista de produtividade do CNPq nível 1D, já publicou 131 trabalhos, até setembro de 2009, que foram citados 5.918 vezes e fator h=38. Atua no estudo das propriedades ópticas de nanomaterias, tendo por foco a espectroscopia Raman e a óptica de nanomateriais de carbono. Atua, ainda, nas áreas de nanometrologia e da metrologia de biocombustíveis, tendo já ocupado o cargo de coordenador de estudos estratégicos e informação da Divisão de Tecnologia do Inmetro e é Membro afiliado da Academia Brasileira de Ciências. É autor do livro Group Theory: Application to the Physics of Condensed Matter e editou Carbon Nanotubes: Advanced Topics in the Synthesis, Structure, Properties and Applications.

Antonio G Souza Filho é Prof essor Adjunto do Departamento de Física da Universidade Federal do Ceará (UFC). Bolsista de produtividade do CNPq nível 1D, já publicou 121 trabalhos, até setembro de 2009, que já foram citados 3.263 vezes e fator h=31. Orientou duas teses de doutorado e quatro dissertações de mestrado na área de espalhamento Raman em nanotubos de carbono e em nanocristais. Atua na área de espectroscopia ótica com ênfase em espalhamento Raman estudando diferentes materiais e fenômenos no estado condensado com ênfase em nanotubos de carbono, nanotubos inorgânicos, e nanocristais. É pesquisador da Rede Nacional de Pesquisa em Nanotubos de carbono e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) de NanoBioEstruturas & Simulacao NanoBioMolecular.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário