Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Parque Tecnológico

 

Em solenidade, que marcou os 14 anos do Centro Regional de Inovação e Transferência de Tecnologia (CRITT), na semana passada (8/05), foi apresentado o resultado do estudo de viabilidade técnica de implantação do Parque Científico e Tecnológico de Juiz de Fora. O Secretário de Desenvolvimento Tecnológico da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), professor Paulo Augusto Nepomuceno, apresentou as conclusões, que apontam tanto para sua necessidade quanto para as áreas potenciais: eletro-eletrônica, biotecnologia e leite e derivados.

O Secretário Paulo Nepomuceno destacou que, após a conclusão dos estudos, a próxima etapa será a de definição do local de instalação; “São poucas as chances de que a área escolhida seja em outra cidade, devido a uma questão fundamental, que é a proximidade com os demais parceiros, empresas, universidades e institutos de ciência e tecnologia”, disse.

O argumento também foi sustentado pelo Subsecretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Juiz de Fora, Jackson Fernandes Moreira Júnior, que participou da apresentação do resultado. “A parceria entre a Prefeitura e a Universidade são fundamentais para que o parque tecnológico feche o ciclo que une geração de conhecimento, inovação, emprego e renda” , disse.

Para o Secretário adjunto Evaldo Vilela a conjunção de forças (Prefeitura, Governo do Estado, Universidade) demonstra que é chegada a hora de implantar o Parque Tecnológico, que abre oportunidade de inserção de todos os envolvidos no desenvolvimento regional. Ele destacou, ainda, que o Governador Aécio Neves quer ênfase na área da inovação, ciência e tecnologia e ensino superior, além do fortalecimento da Fapemig, que independente dos reflexos da crise internacional, vai continuar a receber o repasse de 1% do orçamento do estado. “Minas se prepara para ser líder na área de inovação e ensino superior”, afirmou.

Para o Gerente da Unidade de Acesso à Inovação e Tecnologia do Sebrae, Anísio Viana, os projetos confirmam a inserção social da Universidade e são de fundamental importância para a população.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário