Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Novo campus

O andamento da proposta de abertura de um campi da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) em Governador Valadares foi o assunto do encontro entre o deputado estadual Carlin Moura e o reitor Henrique Duque, nessa segunda-feira (13/09). Membro efetivo da Comissão de Educação da Assembléia Legislativa do estado, o deputado disse que a prefeitura da cidade já disponibilizou o local provisório para instalação das primeiras turmas e cursos da UFJF.

O orçamento proposto pela UFJF para abertura do campi avançado é de R$ 122 milhões, sendo cerca de metade para construção de um hospital universitário na cidade. Estão previstos cursos de Direito, Economia, Contabilidade e todos os cursos da área da Saúde.

Moura explicou que até que se construa o novo campi, um prédio ocupado atualmente pela Univale, no centro de Governador Valadares, está sendo desocupado para servir de sede provisória. “A região do médio Rio Doce é uma das mais pobres de Minas, a abertura dos cursos de graduação da UFJF vai contribuir para o desenvolvimento econômico e social da região”.

Para o reitor, este é um projeto já oficializado pelo governo federal, no entanto, na UFJF ainda depende da aprovação do Conselho Superior (Consu). Duque declarou que só quando tiver uma sinalização concreta do Governo sobre os investimentos é que levará a proposta ao Consu. “Vamos fazer como no Reuni, apresentar todos os quantitativos assegurados pelo Governo para que a decisão esteja embasada”. Segundo o reitor, este ano ainda não será possível abrir vagas no vestibular para Governador Valadares.

Carlin Moura, com a ex-deputada e agora prefeita de Governador Valadares, Elisa Costa, foi responsável pela emenda que reduziu a alíquota de ICMS cobrada das universidades mineiras nas contas de energia elétrica. Segundo ele, a taxa era superior a de empresas privadas e não fazia sentido aplicá-las as universidades públicas.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário