Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Mobilidade Acadêmica

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) está com inscrições abertas para o Programa de Mobilidade Acadêmica para o segundo semestre de 2010, até 17 de março.

O objetivo do programa é estimular o desenvolvimento acadêmico por meio do intercâmbio de alunos de graduação entre as Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) brasileiras por até três semestres letivos.Não se trata de uma transferência definitiva, como esclarece a gerente de mobilidade acadêmica, Maria dos Remédios Pereira da Silva. “Esse é um equívoco muito comum entre os alunos. Terminado o período do intercâmbio, os estudantes devem retornar a sua instituição de origem.” O período de inscrição é válido tanto para os estudantes que querem vir para a UFJF quanto para aqueles que queiram estudar em outras Ifes.

Segundo a gerente, para o primeiro semestre deste ano, a UFJF enviará oito alunos e receberá 20, sendo que a maioria dos que virão é da região Nordeste do país. A expectativa é que esse número aumente no segundo semestre. “Os maiores atrativos da UFJF são a ótima estrutura, o ensino e a pesquisa. Além disso, Juiz de Fora se localiza perto de um grande centro.” Não há número limite de vagas.

Para se inscrever, o estudante deve se dirigir à Prograd, no prédio da Reitoria, Campus da UFJF (8h às 12h e das 13h às 16h). São necessários os seguintes documentos: formulário de inscrição no Convênio de Mobilidade Acadêmica (disponível na página da Prograd), carta de apresentação da instituição de origem, histórico escolar, ementa das disciplinas cursadas, e xerox do documento de identidade e do CPF. Somente podem participar alunos regularmente matriculados em cursos de graduação das Ifes brasileiras, que tenham concluído todas as disciplinas do primeiro e segundo semestre letivo e possuam, no máximo, uma reprovação por período letivo.

O aluno também precisa verificar as seguintes exigências: solicitar programas e ementas oficiais das disciplinas que pretende cursar para análise e posterior concessão de equivalência, além de pedir envio de carta de apresentação à instituição receptora e solicitar, à instituição receptora, comunicação formal à instituição remetente de sua aceitação com os respectivos comprovantes de matrícula. E, principalmente, verificar se a instituição receptora possui vagas e se há possibilidade de matrícula nas disciplinas pretendidas. Consulte as instituições participantes do programa.
.

Neste ano, o Programa traz novidades. O estudante que vier para a UFJF receberá a carteirinha de estudante da universidade, poderá usufruir do Restaurante Universitário e poderá participar do Programa de Apoio Estudantil.

Experiência

Laura Giordano, graduada em Comunicação Social pela UFJF participou do programa. Em agosto de 2007, foi para a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), retornando em 2008. “Lá, eu tive contato com outras linhas de pesquisa na área da Comunicação. A mobilidade permitiu que eu ampliasse minha formação. Como o curso da UFJF possui habilitação somente em Jornalismo, na UFMG concentrei meus estudos em matérias relacionadas a Relações Públicas, área que pretendo seguir a partir de agora.”

Outras informações, no site do Programa na UFJF, ou pelo telefone: (32) 2102-3977 (Coordenação de Mobilidade Acadêmica)

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário