Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Medicina Tropical

A Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) está com inscrições abertas, até 31 de maio, para o “24° Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Tropical”. São 10 vagas. As inscrições podem ser feitas na secretaria da disciplina de Doenças Infecciosas e Parasitárias (prédio da antiga Santa Casa, 1º andar – Uberaba).

O cronograma de aulas prevê jornada integral, totalizando 360 horas de carga horária. O curso começa em 1º de setembro e termina em 29 de outubro. A seleção dos participantes é baseada na análise do currículo e das recomendações de professores e pesquisadores.

Sobre o curso

O Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Tropical da UFTM teve início em 1987 e tem oferecido anualmente carga horária de 360 horas. Tem como público-alvo médicos com interesse e/ou formação em infectologia, epidemiologia, saúde pública e afins.

Enfoca as grandes endemias, principalmente doença de Chagas, Leishmaniose, Esquistossomose, Hanseníase, Malária e Dengue devido ao fato de a Instituição contar com grupos de pesquisa consolidados pela sua atuação científica em algumas destas áreas.

A natureza do curso é horizontal, para abranger as mais diversas áreas básicas e clínicas relacionadas à Medicina Tropical e Infectologia. Cada área é oferecida em módulos teórico-práticos ministrados por professores da UFTM e de outras universidades do país.

Estrutura

Dividido em aulas teóricas, práticas, seminários, discussão de casos clínicos à beira do leito, sessões anatomoclínicas e práticas laboratoriais, o curso conta com viagens de trabalho de campo a áreas endêmicas.

Tem sido frequentado por médicos oriundos de diversos países da América Latina, Europa e Ásia, tendo servido para estabelecer intercâmbio científico entre várias instituições. Além disso, serve de modelo para a sua repetição em outros países.

Confira a listagem de documentos necessários.

Mais informações, pelo e-mail ou pelo telefone (34) 3318 5254.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário