Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Jardim Botânico

Em solenidade na tarde desta terça-feira (22/06), a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) abriu para visitação a área onde será o Jardim Botânico e lançou a espécie de bromélia Portea silverae como planta-símbolo do local.

A população poderá visitar, por 30 dias, a área. O período visa a tirar a curiosidade sobre o espaço, historicamente de acesso restrito. “A partir de agora, as pessoas não precisam pular muro para entrar aqui. Entrarão pela porta da frente“, destacou o deputado Julio Delgado, citando casos de invasões no ambiente.

Essa mudança de postura será reforçada pelo trabalho de conscientização sobre a importância da conservação do local. A comissão de implantação do jardim tem a intenção de cadastrar pessoas para atuarem na nova atração, junto a Sociedades Pró-Melhoramentos de bairros do entorno do jardim. “Estamos dispostos a abraçar essa causa“, disse o vice-presidente da SPM do Nossa Senhora das Graças, Maurício Silva.

Na visita, o percurso principal será a trilha ao redor do lago principal da propriedade, com duração de cerca de 45 minutos. Trinta e sete plantas no trajeto e em volta da casa que foi sede do sítio já foram catalogadas, conforme a bióloga e professora da UFJF Fátima Salimena, com destaque para a bromélia-símbolo, encontrada mais frequentemente na Serra da Mantiqueira. E outras espécies poderão ser acrescentadas ao jardim a fim de enriquecer mais a biodiversidade local, segundo o professor que compõe a comissão de instalação do jardim, Daniel Pimenta,

Depois do primeiro mês, o Jardim entra em fase de adaptações, para a realização de projetos, licitações e execução de melhorias de infraestrutura.

Para visitar é necessário agendar (das 8h às 13h). Serão formados grupos para visita orientada, conforme a demanda. O telefone é o (32) 2102-3780 (Pró-reitoria de Infraestrutura).

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário