Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Instituto Cervantes BH

O Instituto Cervantes, do governo espanhol, referência mundial na difusão da cultura hispânica, chega a Belo Horizonte. Maior instituição do mundo dedicada ao ensino do espanhol, atualmente o instituto possui 70 centros distribuídos em mais de 50 países de cinco continentes. As aulas começam amanhã (07/01) com um curso intensivo de férias.

Segundo o diretor em Belo Horizonte , Pedro Eusébio Cuesta, além dos cursos de espanhol oferecidos, o Instituto Cervantes vai atuar na promoção de ações culturais, como exposições de arte, apresentações de dança, concertos eruditos e populares. No dia 20 de janeiro, para celebrar a chegada do Instituto na capital mineira, será realizada com entrada franca, a exposição “Alpha”, do fotógrafo espanhol Héctor Bermejo.

O Brasil é o país com a maior quantidade de Institutos Cervantes no mundo. São nove, presentes nas cidades de Brasília, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, e, agora, Belo Horizonte. “A capital paulista chega a receber aproximadamente 5 mil inscrições por ano”, comenta o diretor, que já trabalhou no Instituto Cervantes nas cidades de Tel Aviv, em Israel; Istambul, na Turquia; e Tanger, no Marrocos.

No Instituto é possível fazer a preparação para a obtenção do Diploma de Español como Lengua Extranjera (DELE), título oficial outorgado pelo Ministério de Educación y Deporte de España que certifica o grau de competência e domínio do idioma, reconhecido mundialmente.

A sede do Instituto é localizada em Madri, região próxima à cidade natal de Miguel de Cervantes, autor de Dom Quixote de La Mancha. O Rei da Espanha Juan Carlos I é o presidente de honra do Conselho do Instituto.

O Instituto Cervantes em Belo Horizonte fica na praça Milton Campos, 16, no bairro Cruzeiro. Outras informações pelo site , ou pelo telefone: (31) 3789-1600.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário