Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

FAO e UFV

Em visita oficial recente à Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), a Universidade Federal de Viçosa (UFV) iniciou negociações para a assinatura de um acordo de cooperação. O foco será a colaboração sul-sul e ações de combate à fome na África e na América Latina.  A UFV atuará nas áreas de ensino, pesquisa e extensão nos países de língua portuguesa e nos continentes africano e sul-americano.

Após as discussões técnicas e institucionais, ficou definido que a FAO irá aportar, nos próximos dias, recursos financeiros para que a UFV dê início às atividades de elaboração de cursos a distância a serem ministradas para os países africanos de língua portuguesa, em áreas a serem definidas pelo programa da FAO de educação a distância (Fodepal).

Além disso, outras oportunidades foram abertas como a possibilidade de professores da UFV realizarem pós-doutoramento na FAO com recursos da própria entidade e também de estudantes de graduação e de pós-graduação participarem de projetos junto àquele organismo. Os termos do acordo entre a FAO e a UFV estão em fase de redação e o documento deverá ser assinado em novembro.

Ao fazer um balanço sobre os encontros internacionais, reitor da UFV, professor Luiz Cláudio Costa, destacou a importância estratégica da iniciativa. Ele reforçou o fato de que, diante da assinatura dos acordos, prevista para novembro, a UFV alcançará uma dimensão internacional de grandes proporções, aliando tecnologia com o combate à fome mundial. Ele destacou, também, “a possibilidade de treinamentos de nossos pesquisadores e a possibilidade de envolvimento do corpo discente, em nível de graduação e de pós-graduação, ampliam de forma consistente o horizonte de desenvolvimento de nosso País e, com certeza, nos auxiliam na busca da necessária internacionalização, hoje objeto importante de avaliação dos programas de pós-graduação pela Capes”.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário