Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Escolas do Norte de MG

 

A história dos primeiros grupos escolares de quatro cidades do Norte de Minas foi pesquisada por um grupo de professores e alunos da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). O estudo resultou no livro “A Escola como Lugar – Grupos Escolares no Norte de Minas Gerais (1906/1937) –“, lançado pela Editora Unimontes.

Foi pesquisada a história da política educacional de implantação dos primeiros grupos escolares de Montes Claros (Escola Estadual Gonçalves Chaves), Bocaiúva (Escola Estadual Genesco Augusto Caldeira Brant), Francisco Sá (Escola Estadual Eliseu Laborne) e São Francisco (Escola Estadual Coelho Neto). Esses estabelecimentos foram criados a partir da proposta educacional do Governo João Pinheiro (1906/1908).

O livro é de autoria das professoras Dulce Pereira dos Santos, Elisângela Chaves, Fátima Rita Santana Aguiar e Vivian Grasiele Pereira de Freitas, juntamente com a arquiteta e mestre em Desenvolvimento Social, Érika Neves Guimarães. Os textos foram organizados pela professora Sara Jane Alves Durães. O estudo “Educação, saúde e arquitetura nos grupos escolares norte mineiros: ideário de novos espaços e sujeitos” contou, ainda, com a participação de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Apresenta uma análise geral do processo de implantação dos grupos escolares em Minas Gerais no início do século XX. São detalhados vários aspectos da criação dos educandários, tais como atos oficiais de criação, questões pedagógicas e primeiros diretores. Os aspectos das construções dos primeiros dos grupos escolares são analisados pela arquiteta Érika Neves Guimarães.

O primeiro texto da obra tem como tema “Grupos Escolares Mineiros como Lugar de Disciplina e Higienização dos Corpos”, de autoria das professoras Sarah Jane Alves Durães e Fátima Rita Santana Aguiar. Na seqüência, é destacado o artigo “Instrução primária em Montes Claros: Grupo Escolar Gonçalves Chaves”, de autoria da professora Vivian Grasiele Pereira de Freitas.

A história da educação básica em Bocaiúva é abordada pela professora Fátima Rita Santana Aguiar. Ela é autora do trabalho “A criação do primeiro grupo escolar em Bocaiúva: uma leitura das impressões e relatos a partir dos primeiros históricos”. O livro reúne ainda os textos: “Grupo escolar de São Francisco – percursos históricos de sua criação”-, de Elisângela Chaves; “Resgate histórico sobre a criação do primeiro grupo escolar na cidade de Francisco Sá”, de Dulce Pereira dos Santos: e “Educação e arquitetura de grupos escolares no Norte de Minas (1906/1937)”, de Érika Neves Guimarães e Sarah Jane Alves Durães.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário