Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Engenharia de Materiais

O Cefet-MG teve aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) o curso de Mestrado em Engenharia de Materiais. Submetido à aprovação em abril, o curso recebeu do Conselho Técnico-Científico (CTC) conceito 3 e terá suas atividades iniciadas em 2010.

Participaram da elaboração do projeto 14 professores dos Departamentos de Engenharia de Materiais, Mecânica, Química e Engenharia Civil. A área de concentração do curso é Ciência e Desenvolvimento de Materiais, e as três linhas de pesquisa (Reciclagem, Biomateriais e Seleção, Processamento e Caracterização) refletem a atuação do corpo docente em projetos ou colaborações.

O curso tem como objetivo contribuir para a formação de recursos humanos e para o desenvolvimento científico e tecnológico na área de Ciência e Engenharia de Materiais, visando à melhoria do desempenho de matérias primas e produtos para aplicações na indústria, na saúde e no meio ambiente.

A proposta foi elaborada tendo em vista submeter um projeto diferenciado ou complementar aos outros três programas de pós-graduação stricto sensu na área da Engenharia de Materiais existentes em Minas Gerais. As linhas de pesquisa propostas têm relação com a vocação econômica da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O curso terá como objetivo formar profissionais para a indústria e professores, já que pesquisa realizada em outras instituições verificou a falta de docentes para ministrar aulas na área. Segundo o andamento do curso, em 2012 já será enviada uma proposta para um doutorado na área.

Perfil do Aluno

O aluno ingressante poderá ser graduado nas engenharias, nos cursos de Física, Química, Medicina ou áreas afins, Arquitetura e Design, dentre outros profissionais com graduação e experiência nas áreas correlatas às linhas de pesquisa do curso.

O profissional egresso do Mestrado em Engenhenharia de Materiais poderá lidar com a aplicação e com o desenvolvimento de novos materiais metálicos e não-metálicos (poliméricos, cerâmicos e compósitos), na reciclagem de materiais, e no processamento e caracterização de biomateriais, entre outras áreas correlatas.

As ofertas de trabalho são, em geral, nas indústrias petroquímicas e siderúrgicas e no ramo de fabricação de biomateriais, materiais para construção civil, embalagens inteligentes e reciclagem de materiais.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário