Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Edital da UFJF 2011

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) divulgou, nesta segunda-feira (27/09) o edital do Vestibular e do Programa de Ingresso Seletivo Misto (Pism). São 3.388 vagas distribuídas em 41 cursos e habilitações para entrada em 2011. Em relação ao concurso anterior, quando foram ofertadas 3.028 cadeiras, houve aumento de 12%, ou seja, 360 novas vagas.

O edital traz também dois cursos novos: Ciências Contábeis diurno e noturno, com 40 vagas cada um, e Sistemas de Informação noturno, com 40 vagas, ambos ofertados por meio do Reuni. Outra novidade é o acréscimo da modalidade de Latim entre as oferecidas pelo curso de Letras.

Entre os cursos existentes, houve aumento de vagas em: Engenharia Sanitária e Ambiental (mais 10 vagas), Geografia (30), Arquitetura e Urbanismo (10), História (30), Engenharia Mecânica (20), Bacharelado Interdisciplinar em Artes e Design (80) e 12 vagas paras cada uma das cinco habilitações de Engenharia Elétrica (Sistemas Eletrônicos, Sistemas de Potência, Telecomunicações, Automação e Robótica e Energia).

Enem 

Esta edição do Vestibular intensifica o uso do Enem. A nota do exame nacional vai substituir a primeira fase do concurso da UFJF. Por isso, só poderá fazer o Vestibular quem está inscrito no Enem. Em seguida, o candidato fará a prova da segunda etapa do concurso da UFJF, agendada para os dias 20 e 21 de dezembro, e que serão aplicadas somente em Juiz de Fora. Esta segunda etapa é composta de provas discursivas e com conteúdos de acordo com a área de conhecimento relacionada ao curso escolhido.

Segundo o pró-reitor de Graduação, Eduardo Magrone, a UFJF, assim como as demais instituições do país, passa por um momento de transição. Após as mudanças verificadas nos últimos processos, “nosso objetivo é definir regras estáveis para que os candidatos e pais não sejam surpreendidos”. As alterações com relação ao uso do Enem atingem somente aos que tentam uma vaga através do Vestibular. Para o Pism, não há mudanças e as provas objetivas e discursivas serão realizadas nos dias 12, 13 e 14 de dezembro (módulos I e II) e 19, 20 e 21 de dezembro (módulo III).

Além das informações contidas no edital, os candidatos podem contar agora com conteúdo específico destinado a tirar dúvidas e estreitar o canal de comunicação com a instituição através do novo site. Lá eles encontrarão dicas e orientações sobre prazos, documentação, etc.

Sisu

A UFJF optou também por disponibilizar 80 vagas do Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Humanas e 96 do curso de Ciências Exatas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Para essas vagas, o candidato precisará fazer apenas o Enem, dispensando a segunda fase da UFJF. Se quiser, o estudante poderá se inscrever no Vestibular e também tentar uma vaga pelo Sisu nessas duas graduações.

Inscrições

As inscrições para o Vestibular e Pism começam nesta quinta-feira (30/09, às 14h). O prazo termina em 10 de novembro (às 15h). Elas devem ser feitas somente pela internet. A taxa é de R$110 para o Vestibular e de R$ 85 para o Pism I, II e III. O candidato que obteve redução ou isenção da taxa deve também fazer a inscrição pelo site.

Ação afirmativa

Neste processo, está mantido o sistema de cotas, em três grupos, para quem deseja se inscrever no Vestibular ou Pism III.

Os integrantes do grupo A são os que se autodeclaram negros e tenham cursado, pelo menos, quatro séries do Ensino Fundamental e todo o Ensino Médio em escola pública. Para se enquadrar no grupo B, aplica-se apenas o critério de estudo em escola pública adotado em A.

O grupo C possui vagas destinadas aos candidatos que não se encaixam nos perfis dos grupos A e B ou que não optaram pelo sistema de cotas.

Do total de vagas, 50% são reservadas, em cada um dos cursos, para os egressos de escolas públicas (grupos A e B). Desse percentual, 25% destinam-se a candidatos do grupo A, o que corresponde a 12,5% do somatório.

De acordo com o pró-reitor, a Universidade pretende rever este sistema de cotas no ano que vem, com base em estudos realizados que mostraram a necessidade de alguns ajustes. Isso não foi feito este ano em razão das mudanças já previstas em relação ao uso do Enem.

Veja o cronograma completo com todas as datas previstas pelo concurso, na Agenda.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário