Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Doações de livros

 

Nesta segunda-feira (11/05, às 10h45), o Centro de Estudos dos Estados Unidos da América, vinculado ao Programa de Pós-graduação em Relações Internacionais da PUC Minas, receberá doação de livros da biblioteca pessoal do historiador especializado em história colonial dos Estados Unidos, professor Thomas Fritz Olson. A doação, intermediada pela Embaixada dos Estados Unidos, será formalizada na Galeria de Arte da Biblioteca, no campus Coração Eucarístico (av. Dom José Gaspar, 500).

A iniciativa tem o objetivo de avançar o conhecimento das experiências dos Estados Unidos entre alunos brasileiros que realizam estudos sobre aquele país. Segundo familiares, o professor Olson gostava das oportunidades de intercâmbio cultural, sempre na esperança de melhorar a relação entre os dois países e se interessava pelas experiências vividas pelo Brasil e os EUA na época da colonização.

A coleção, doada por sua irmã, Jean Olson, é composta por obras que tratam das ciências sociais, do relacionamento entre colônias americanas e a Inglaterra, além de livros do século XVIII, que refletem a convicção do professor sobre a importância da educação.

A solenidade contará com as presenças do adido cultural da Embaixada dos Estados Unidos, David Hodge, e da irmã do historiador, Jean Olson; do pró-reitor de Pesquisa e de Pós-graduação, professor João Francisco de Abreu; do diretor da Biblioteca, Cássio José de Paula; e do coordenador do Programa de Pós-graduação em Relações Internacionais, professor Eugenio Diniz. O chefe de Gabinete da Reitoria, professor Paulo Roberto de Sousa, representará o reitor, professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, na cerimônia.

Trajetória
O historiador Thomas F. Olson foi um educador dedicado. Estudou na Universidade de Wisconsin-Madison e na universidade Sul Ross State, no Texas, graduando-se em História na Universidade de Maryland. Foi diretor da escola Shiloh Christian Academy, em Las Vegas, Nevada; e da Cornerstone Christian Academy, em Sycamore, Illinois. Morreu em 2003, aos 52 anos, de câncer de pulmão. Além de ensinar história e matemática, ele teve um papel importante no desenvolvimento do currículo e da filosofia pedagógica nas escolas que dirigiu.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário