Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Corrupção eleitoral

 

O Núcleo de Estudos Sociopolíticos (Nesp), vinculado à PUC Minas e à Arquidiocese de Belo Horizonte, realiza, nesta terça e quarta-feira (26 e 27/05), no campus Coração Eucarístico (av. Dom José Gaspar, 500), coleta de assinaturas como parte das atividades da “Campanha Ficha Limpa”, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Haverá pontos de coleta na entrada principal e próximo ao Diretório Central dos Estudantes (DCE), nos três turnos (das 7h às 9h; das 13h às 15h; e das 18h às 20h).

A mobilização também acontece, nos mesmos dias, na unidade Barreiro (av. Afonso Vaz de Melo, 1.200, Barreiro de Baixo). Os interessados devem se dirigir à Pastoral (prédio 2, sala 104), das 14h às 18h; ao DCE, das 8h às 22h; e aos diretórios acadêmicos, todos localizados no prédio 1. Posteriormente, será realizada nos demais campi e unidades da PUC Minas.

A Campanha, que tem o objetivo de coletar mais de um milhão e trezentas mil assinaturas, é um projeto de lei de iniciativa popular que visa alterar a Lei Complementar (número 64, de 1990), tornando inelegíveis pessoas em débito com a justiça, julgadas em primeira instância, e também parlamentares que renunciam ao cargo para não serem cassados.

Atuam nesta campanha cerca de 40 entidades, que constituem o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), entre as quais a Associação Brasileira das ONGs, Ordem dos Advogados do Brasil, Conselho Nacional das Igrejas Cristãs, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, Instituto Ethos, Ibase e centrais sindicais.

Para assinar a proposta é imprescindível apresentar o Título de Eleitor.


Mais informações no site da PUC Minas .

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário