Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Corredor Cultural

 

Nesta segunda-feira (3/08), foi aberta a exposição “Praça da Liberdade: Circuito Cultural – Arte e Conhecimento”. A mostra, instalada na Alameda Travessia, apresenta todas as etapas de implantação do Circuito Cultural Praça da Liberdade, que fará do local um complexo de cultura aberto ao público.

O Circuito é formado pelo Palácio da Liberdade e outros espaços culturais instalados em dez prédios históricos do entorno da Praça da Liberdade. Atualmente, cinco prédios do local estão em obras para serem adaptados às novas funções culturais, com investimentos de R$ 100 milhões da iniciativa privada.

São eles: Espaço do Conhecimento, patrocinado pela TIM e Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Museu das Minas e do Metal, pela EBX Investimentos; o Memorial de Minas Gerais, pela Vale; o Centro de Arte Popular, pela Cemig; e o Centro Cultural Banco do Brasil. Ainda integram o circuito, o Arquivo Público Mineiro, o Museu Mineiro e a Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, o edifício da antiga Secretaria de Obras e o conjunto de prédios da Secretaria de Cultura.

Aécio Neves ressaltou a importância do Circuito Cultural como espaço de convivência. “Estamos transformando a praça do poder na praça do povo. Os prédios que estavam obsoletos para serem espaços de Governo, agora serão transformados, inspirados naquilo que de mais moderno ocorre no mundo. Espaços arquitetônicos tradicionais, históricos, com conteúdo inovador. Portanto, aqui se transformará a Praça da Liberdade no principal espaço de convivência entre os mineiros e uma convivência amalgamada naquilo que temos de mais relevante que é a nossa tradição, os nossos valores culturais”, disse.

Entre os prédios que já podem ser visitados estão o Palácio da Liberdade, sempre no último domingo de cada mês, o Museu Mineiro e o Arquivo Público e a Biblioteca Pública Luiz de Bessa.

Visita guiada
A exposição vai até o dia 3 de setembro (diariamente, de 9h até as 17h). A visitação será guiada, com monitores à disposição do público. Ela está instalada em um pavilhão colorido, na Alameda Travessia, com fotos, vídeos e textos. Imagens do interior dos espaços culturais também foram aplicadas nos tapumes de cada prédio.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário