dcsimg

Vestibular em

Curso de Arquitetura e Urbanismo

Arquitetura e Urbanismo é a carreira que tem como finalidade projetar e organizar espaços e objetos em ambiente externo ou interno, seguindo normas estéticas, visando maior funcionalidade e conforto. As construções projetadas pelo arquiteto podem ser de qualquer porte, tanto residenciais quanto comerciais. Poderá atuar em projetos de novas edificações, reformas e readequações.

Como urbanista, o arquiteto projeta mobiliários urbanos como placas de rua, sinalização, abrigos para transporte público, entre outros. Trabalha no planejamento e revitalização do espaço urbano e restauração do patrimônio histórico e cultural. Ainda atua na proteção ao meio ambiente na avaliação do impacto ambiental e projetando utilização racional de recursos.

Outras áreas de atuação do profissional são paisagismo, cenografia, comunicação visual, projetos de produtos como móveis e utensílios.

Diferença entre arquiteto e engenheiro

Quem está interessado em seguir nesta carreira pode se deparar com uma dúvida muito comum: Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo são profissões que andam lado a lado e atuam em conjunto. Mas qual a diferença entre elas?

A diferença entre elas se inicia no próprio mundo acadêmico, onde o curso de Engenharia Civil é mais voltado à área tecnológica, maior carga de disciplinas das Ciências Exatas, com foco principal na execução e implantação de projetos e obras. Já a Arquitetura foca a criação e dimensionamento do espaço necessário para o desenvolvimento do projeto, além de ter contato direto com o cliente buscando compreender suas expectativas e preferências para elaboração do projeto.

De forma simplificada, o arquiteto atua na elaboração do projeto (idealiza) e o engenheiro na execução do projeto (concretiza).

 

O curso

O curso de Arquitetura e Urbanismo tem duração de 5 anos e, para ingresso, será necessário ser aprovado não apenas no processo seletivo, mas no exame de Habilidades Específicas que tem por objetivo avaliar se o candidato tem boa capacidade de percepção visual, habilidades manuais, percepção do espaço, entre outras aptidões necessárias a quem deseja seguir a carreira.

Fazem parte da grade curricular disciplinas das Ciências Humanas como história, arte e sociologia mescladas com disciplinas relacionadas a técnicas de fundações, sistemas hidráulico e elétrico e topografia.

É obrigatório estágio e, ao final do curso, é obrigatório a apresentação de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

 

Onde estudar

Três das principais instituições de ensino superior de Minas Gerais possuem conceito 5 no Enade para o curso. São elas:

A Universidade Federal de Viçosa (UFV), que iniciou o curso no ano de 1992 com um convênio com a Technical University of Nova Scotia, do Canadá, que possibilitou o treinamento e o intercâmbio de professores e alunos, permitiu a criação do curso de Pós-Graduação e contribuiu para a aquisição de livros, equipamentos e computadores;

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que recentemente passou a ofertar o curso em período noturno e introduziu o estágio obrigatório. O curso é ministrado na Escola de Arquitetura, localizada na região centro-sul de Belo-Horizonte;

Universidade Federal de Uberlândia (UFU), única instituição da região do Triângulo Mineiro a oferecer o curso gratuitamente. Recentemente aumentou o número de professores com dedicação exclusiva e intensificou a capacitação de professores em programas de doutorado.

 

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o arquiteto está aquecido no Brasil com os projetos referentes à Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Também o Estado tem aumentado os investimentos em obras como escolas, prédios de serviços públicos e obras de infraestrutura como rodovias, pontes e portos. Nesse quesito, grandes construtoras são uma boa opção de trabalho.

Outro fator importante é a diminuição do espaço físico nas médias e grandes cidades do País, como Belo Horizonte, que possui mais de 2 milhões de habitantes (a sexta capital do país em população). As cidades, cada vez mais verticalizadas e povoadas, necessitam de profissionais criativos que sejam capazes de desenvolver projetos que ofereçam conforto, bem-estar e organização territorial para as pessoas.

O salário inicial de um arquiteto atualmente é de aproximadamente R$ 3.732,00 para 6 horas diárias de trabalho, segundo regulamentação da Lei 4950-A de 22/04/66.

***

Referências

https://www.ufmg.br/diversa/15/index.php?option=com_content&view=article&id=35%253Aarquitetura-e-urbanismo&Itemid=14

http://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/artes-design/arquitetura-urbanismo-602250.shtml

http://www.faued.ufu.br/sites/faued.ufu.br/files/Anexos/Bookpage/AU_ProjetoPedagogico.pdf

http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/guia-de-carreiras/noticia/2011/04/guia-de-carreiras-arquitetura-e-urbanismo.html

http://aprovadonovestibular.com/arquitetura-e-urbanismo-salario-faculdades-mercado.html

http://www81.dataprev.gov.br/sislex/paginas/42/1966/4950A.htm

Deixe seu comentário:

Versão para impressão     Enviar para um amigo