Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Aniversário da Unimontes

 

A Universidade Estadual de Montes Claros, ao longo de 47 anos de existência, completados nesse domingo (24/05), formou 40.089 profissionais nas diversas áreas do conhecimento. Ao mesmo tempo, a instituição deu uma grande contribuição para a melhoria da educação básica na região do norte de Minas. Além dos profissionais formados em seus cursos de graduação, a Unimontes qualifica professores por intermédio dos cursos modulares e de ensino a distância.

“Tudo que acontece na educação básica tem a ver com a universidade”, afirma o reitor, professor Paulo César Gonçalves de Almeida, ao enfatizar o compromisso da Unimontes com a melhoria da qualidade do ensino em todos os aspectos. “Uma das metas da instituição é garantir a oferta de educação superior, de forma planejada e eficiente, considerando as demandas regionais, especialmente no que se refere à profissionalização. Mas, também, estamos atentos à educação nos níveis médio e fundamental”, destaca o reitor.

Segundo levantamento da Secretaria Geral da Unimontes, dos mais de 40 mil profissionais graduados pela universidade, 10.647 são de cursos ligados ao Centro de Ciências Humanas (CCH), que incorporou a antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (Fafil).

Praticamente todos os cursos vinculados ao CCH são voltados para a capacitação de profissionais que atuam no magistério. Dentre eles, Pedagogia é o que teve maior número de formados: 4.437. Desse total, 3.806 profissionais foram diplomados no campus-sede. Os demais concluíram a graduação da Pedagogia nos campi da Unimontes em Januária (238), Pirapora (263), Almenara (22), Brasília de Minas (31), Janaúba (28) e Paracatu (21), além do núcleo de Joaíma (28).

Em 47 anos de funcionamento, a Universidade diplomou 1.381 profissionais em Letras/Português, em Montes Claros (409), Januária (161), Almenara (63) e Unaí (40). No curso de Letras/Inglês, foram graduadas 277 pessoas em Montes Claros e outras 115 em Januária. Ainda no campus-sede, foram diplomadas 563 profissionais em Letras Português/Francês, 220 em Letras Português/Inglês e 167 em Letras/Espanhol.

A Unimontes vem se destacando, também, pela formação de profissionais nos cursos de Artes (228), Filosofia (478) e nas áreas de Geografia – Montes Claros (855) e Pirapora (221) e História – Montes Claros (863) e São Francisco (59).

O reitor lembra, ainda, a contribuição da Unimontes para o fortalecimento da educação básica dos municípios em diversas regiões do Estado. Nos últimos oito anos, a Universidade formou quase 20 mil profissionais nos cursos de Magistério Superior, ministrados em parceria com os municípios. Além disso, a instituição oferece o curso diferenciado de Magistério no Campo, voltado para a capacitação de professores para atuar nas comunidades de trabalhadores rurais e assentados, além de comunidades quilombolas.

Atualidade
Atualmente, a Universidade tem 9.431 acadêmicos matriculados nos cursos de graduação. Nos regulares, estão matriculados 7.212 alunos, sendo 5.084 no campus-sede e 2.128 nos demais campi nas regiões Norte e Noroeste de Minas e no Vale do Jequitinhonha.

A Unimontes conta, ainda, com 1.608 matriculados nos cursos de educação a distância, oferecidos por intermédio do programa da Universidade Aberta do Brasil (UAB), 370 em cursos modulares e 251 em cursos de pró-licenciatura.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário