Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Agrometeorologia

A Universidade Federal de Viçosa (UFV) em parceria com a Sociedade Brasileira de Agrometeorologia (SBA) e Embrapa Milho e Sorgo de Sete Lagoas-MG promove, de 22 a 25 de setembro, em Belo Horizonte, o “XVI Congresso Brasileiro de Agrometeorologia (CBA)” . O evento será no GranDarrel Minas Hotel, Eventos e Convenções (Rua Espírito Santo, 901, Centro – Belo Horizonte).

Com o tema “mudanças climáticas, recursos hídricos e energia para uma agricultura sustentável” vai contar com a participação de especialistas, empresários, engenheiros, técnicos, pesquisadores, professores, estudantes e profissionais de áreas relacionadas aos temas que serão debatidos.

Questões que vêm sendo amplamente discutidas, como o impacto da escassez de água na agricultura brasileira e tecnologias para aumento da eficiência do uso da água em culturas agrícolas no Brasil, além dos desafios para a inserção da bioenergia como alternativa energética nacional e o balanço energético das principais culturas alternativas para biocombustíveis serão tratadas em mesas redondas organizadas por especialistas.

Outra abordagem do congresso será a exposição de equipamentos e produtos relacionados ao monitoramento, estudo e pesquisa em agrometeorologia, agronomia, meteorologia, hidrologia, irrigação e drenagem, engenharia ambiental e bioenergia.

Efeitos do clima na agricultura

O reitor da UFV, Luiz Cláudio Costa, profere palestra sobre “Mudanças Climáticas e seus efeitos na agricultura brasileira” em conjunto com o pesquisador da Embrapa Informática, Eduardo D. Assad. O reitor da UFV é líder da equipe de especialistas em “Mudanças Climáticas: Secas e temperaturas extremas” da Organização Meteorológica Mundial (ONU) e Presidente da Sociedade Brasileira de Agrometeorologia na gestão 2007-2009, além de ser representante das universidades mineiras no Painel Mineiro Científico de Mudanças Climáticas.

Além do reitor, o professor do Departamento de Engenharia Ambiental (DEA) Everardo C. Mantovani falará sobre “Gestão da Irrigação e a eficiência de uso da água na agricultura” e ministrará o minicurso sobre “Sistema Informatizado Especializado para Utilização mais Eficiente da Água visando a Sustentabilidade de Sistemas Agrícolas Irrigados”.

Soluções para mudanças climáticas

A comissão organizadora selecionou 440 trabalhos, de um total de 478 enviados. As principais linhas de pesquisa focadas serão a agrometeorologia e os recursos hídricos na agricultura, mudanças climáticas, fontes alternativas de energia e bioenergia, indicadores de sustentabilidade nos sistemas agrícolas com base nos recursos hídricos, modelagem e sistema de suporte a tomada de decisão em agrometeorologia e recursos hídricos, instrumentação, zoneamento agrícola, geoprocessamento e sensoriamento remoto aplicado à agrometeorologia e a relação entre a agrometeorologia e o agronegócio em diferentes ecossistemas no Brasil.

Além disso, estão programadas também quatro mesas-redondas que abordarão “Agrometeorologia e os recursos hídricos na agricultura”, “Agroenergia”, “Mudanças climáticas e seus efeitos na temperatura, recursos hídricos e energia” e “Modelagem, sensoriamento remoto e GIS na agrometeorologia”, entre outros assuntos.

Destaque internacional

Durante o “XVI CBA”, será feito o lançamento das ações de preparação para a “XV Sessão da Comissão de Agrometeorologia da Organização Meteorológica Mundial”, evento que vai ocorrer na capital mineira em julho de 2010. Será a primeira vez que um país da América Latina irá sediar um encontro da Organização Meteorológica Mundial, entidade ligada à ONU (Organização das Nações Unidas).

Expoagro

Junto ao XVI CBA será realizada a Expoagro 2009, exposição de equipamentos e produtos relacionados à pesquisa em agrometeorologia, agronomia, meteorologia, hidrologia, irrigação e drenagem, engenharia ambiental, recursos hídricos, energias alternativas e bioenergia.

Mais informações, no site do Evento .

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário