dcsimg
Contato Anuncie


Busca: Buscar

Newsletter

Assine e receba informações atualizadas no seu e-mail:

Cadastrar

Vestibular em

Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Página inicial : artigos

O arrependimento da Xuxa

Xuxa, sem nenhuma dúvida, é um sucesso aos olhos do mundo. Fama, dinheiro, viagens, mansões, carrões, paqueras mil, etc. O número de mulheres e mesmo de homens que a invejam deve ser contado aos milhares.

Mas parece que, segundo ela própria, alguma coisa na sua vida não ficou bem resolvida. Numa citação à página 14 da Revista Época no. 387 de 17 de outubro de 2005, ela diz que errou e se arrepende por “não ter estudado inglês e se formado em Veterinária”.

Alguém poderá perguntar por que a Xuxa desejaria ser Veterinária? Cuidaria ela de animais de pequeno ou grande porte? Abriria ela uma clínica 24 horas para cuidar de cães e gatos? Ou seria para cuidar de seus próprios animais de estimação? Afinal ela pode pagar os melhores veterinários do mundo para cuidar de seus “pets”.

E por que se arrepende Xuxa de não ter estudado inglês. Com o seu dinheiro ela pode ter quantos intérpretes quiser à disposição!

Que lição podemos tirar desta declaração xuxiana?

A verdade é que por mais riqueza material, fama e poder que uma pessoa possa ter, ela sempre sentirá falta daquilo que o dinheiro não pode comprar. Esse é o paradoxo humano! O que o dinheiro pode comprar é sempre mais fácil de ser adquirido. O que realmente desafia o ser humano é o que o dinheiro não alcança.

Nunca conheci um cientista ou literato (de verdade) que invejasse um homem rico. Mas já conheci muitos homens ricos que dariam boa parte de sua riqueza para “comprar” conhecimento e cultura. Por que será? Não é um paradoxo? Afinal, o nosso mundo moderno valoriza exatamente tudo o que dinheiro pode comprar.Quanto mais rica for uma pessoa mais feliz ela será, dizem os padrões de nossa sociedade. Será?

Pense no arrependimento da Xuxa. Pense se nós não estamos dando excessivo valor às coisas materiais em detrimento do estudo, do conhecimento, da ética, da moral, enfim, das coisas que o dinheiro não pode comprar.

Pense se não estamos pautando a nossa vida pela busca desenfreada de bens materiais na ilusão de que neles encontraremos a felicidade. Pense se não estamos investindo pesadamente em coisas transitórias e deixando de investir nas coisas permanentes e definitivas como família, amizades, estudo, cultura, conhecimento, enfim coisas que ninguém pode nos tirar, nem o mais esperto assaltante, nem o mais tirano governante.

Pense no arrependimento da milionária e famosa Xuxa. Ela tem tudo o que dinheiro pode comprar e sente falta do conhecimento, que só o tempo e a dedicação podem conquistar.

Pense nisso. Sucesso!

Escrito pelo prof. Luiz Marins

Deixe seu comentário:

Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Busca de cursos



Busca de faculdades



Quem somos

Contato

Anuncie

Faculdades

Cursos

Agenda

Notícias

Artigos

Dicas

Gabaritos

Resultados

Provas

-

Notícias e Dicas - Vestibular

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas do Vestibular e dicas de estudo: